Conheça 4 dicas para adaptar um quarto para idosos

Adaptar um quarto para idosos tem cada vez mais se provado uma necessidade na rede hoteleira do Brasil, afinal, o número de idosos no país está em constante crescimento.

De acordo com o IBGE, a estimativa é que até 2060 as pessoas com mais de 65 anos representem 25,5% da população brasileira.

Essas pessoas ainda são economicamente ativas e, muitas vezes, por estarem aposentadas ou com condições melhores de vida, aproveitam para fazer frequentes passeios e viagens, sozinhas ou em grupo.

Ainda assim, diversos cuidados acabam sendo necessários para o cuidado com os mais velhos. 

Alguns elementos podem facilmente tornar um quarto mais adaptado para as necessidades desses clientes, tornando o estabelecimento muito mais atrativo para o mercado hoteleiro, que está em constante ascensão.

Em casas de repouso no tatuapé e outros bairros, por exemplo, já possuem toda a infra-estrutura necessária para a acomodação de idosos. 

Embora um hotel não precise de todas as especificações, consultar uma casa de repouso pode ser um excelente ponto de partida.

Neste artigo, trouxemos algumas dicas que vão auxiliar seu hotel a fazer as adaptações necessárias. Acompanhe!

Como fazer a adaptação de um quarto para idosos

Com essas dicas, é possível estabelecer quais quartos serão mais adequados para fazer a adequação, além de compreender as necessidades que o público idoso para atrair tais clientes em potencial para seu hotel:

1. Circulação

É ideal que os quartos adaptados para idosos possuam facilidade de circulação no ambiente. O caminho entre o quarto e o banheiro, por exemplo, não deve ter objetos, facilitando a chegada do hóspede de um cômodo a outro.

Caso haja um corredor entre os dois ambientes, o ideal é pensar em iluminação automatizada, com a utilização de sensores de movimento. 

Esse tipo de recurso é ideal para evitar acidentes em períodos de menor movimentação de funcionários, como o período noturno.

2. Acessibilidade

Os cômodos devem possuir equipamentos de acessibilidade para que o idoso sinta confiança em ficar sozinho enquanto caminha pelo hotel. Alças e barras nos banheiros, para auxiliar a movimentação, são um grande diferencial.

Um corrimão de ferro para escada interna também é um item de segurança que pode salvar vidas, caso haja uma escada entre algum dos ambientes do seu estabelecimento. 

Itens de segurança nunca são demais quando lidamos com um cliente de mais idade. 

3. Móveis

Alguns móveis requerem alguns cuidados especiais em um quarto adaptado. A mobília do local deve possuir cantos arredondados para, desta forma, impedir que não ocorram danos físicos caso haja um impacto entre o idoso e o móvel.

Além disso, outros itens do mobiliário e decoração requerem adaptações:

  • Camas com cabeceiras amplas;
  • Armários com iluminação interna;
  • Quinas de mesas e portas com protetores;
  • Cortinas ao invés de persianas.

Ademais, o colchão deve ser de tamanho adequado, o suficiente para que a pessoa não tenha dificuldades em colocar o pé no chão ao se sentar, e nem obstáculos para se levantar da cama.

4. Estrutura

A estrutura do local deve ser mantida pensando no bem-estar dos clientes, e isso se intensifica no caso de pessoas mais velhas.

Mantenha sempre os cômodos arejados, livres de mofo e ácaro, além da manutenção em dia. Sempre que possível, realize a  impermeabilização de laje antiga, entre outros reparos no seu hotel que podem fazer a diferença para seus clientes.

Com essas pequenas mudanças, seu estabelecimento estará pronto para aproveitar um público frequente, dedicado e muitas vezes fiel. 

Tratar bem um grupo da terceira idade pode ser a chave para manter seu estabelecimento recebendo novos clientes, normalmente indicados por aqueles que foram conquistados e tiveram suas necessidades satisfeitas no hotel.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

5 dicas para adaptar um quarto de hotel para crianças

Quem tem filhos sabe o quão importante é encontrar um meio de hospedagem com quarto para crianças. Afinal de contas, não só os adultos precisam ter uma boa experiência, mas também os pequenos, que devem aproveitar todos os benefícios da viagem.

Inclusive, é comum encontrar pais que viajam com os seus filhos, justamente porque é uma oportunidade de passar um dia em família e aproveitar a rotina longe de casa.

No entanto, nem sempre os meios de hospedagem estão preparados para recepcionar as crianças, o que pode ser um transtorno tanto para os pais, quanto para as empresas, já que o seu hotel acaba perdendo clientes.

Para te ajudar a solucionar este problema, o artigo de hoje vai trazer algumas dicas para adaptar um quarto para crianças no seu hotel. Continue lendo!

1 – Invista em quartos temáticos

Uma maneira de adaptar as suas unidades habitacionais para crianças é construir quartos temáticos infantis, para que os pequenos se sintam mais à vontade e possam ficar em um ambiente divertido.

A ideia é transformar a decoração, com a compra de um enxoval para quarto infantil de um desenho animado, por exemplo.

Essas acomodações podem servir para crianças mais velhas, que já têm independência para dormir longe dos pais. Porém, é importante sempre oferecer aos pais uma suíte próxima ao quarto dos filhos.

2 – Coloque pisos de segurança

Quando lidamos com crianças, uma das primeiras coisas que devemos pensar diz respeito às questões de segurança. É fundamental oferecer um espaço aconchegante e seguro aos pequenos, para evitar quaisquer acidentes.

Nos quartos de hotéis, vale a pena investir em um piso laminado para quarto infantil, que é antiderrapante e, além disso, pode ter várias cores diferentes, formando um espaço alegre e divertido.

Outros pontos que também merecem atenção são:

  • Coloque protetores nas tomadas;
  • Deixe objetos cortantes e secadores fora do alcance;
  • Embrulhe as amenities e disponibilize-as aos pais;
  • Instale grades de segurança nas janelas.

Todos esses quesitos de segurança chamam muito atenção dos pais e/ou responsáveis na hora de escolher um meio de hospedagem. Afinal de contas, a prioridade deles é sempre garantir a proteção de seus filhos.

3 – Disponibilize lanchinhos para crianças

Uma forma de agradar as crianças é oferecer lanchinhos para elas nos quartos. 

Até porque é bem comum que os meios de hospedagem só se lembrem dos adultos, o que pode gerar bastante frustração aos pequenos.

Uma dica é preparar um kit lanchinho festa infantil e deixá-lo próximo do frigobar. Assim, quando os pais e as crianças chegarem na unidade, todos podem aproveitar as comidas e bebidas do hotel.

4 – Tenha camas adaptadas

O estabelecimento deve contar com camas adaptadas para as crianças, de tamanho menor do que as camas adultas, especialmente para os filhos que ainda permanecem no mesmo quarto que os pais.

A dica é colocar alguns desses móveis em quartos específicos e, desse modo, quando a família for realizar a reserva, poderá escolher o tipo de acomodação.

5 – Ofereça berços, quando necessário

É preciso pensar que alguns pais viajam não só com crianças maiores, mas também com bebês. Quando isso acontece, o hotel também deve estar preparado para oferecer um quarto adaptado aos seus clientes.

Por essa razão, é recomendável que os hotéis tenham berços disponíveis para os quartos. Assim, o hóspede pode fazer a requisição do móvel e manter o seu bebê confortável durante a estadia.

Conclusão

Os meios de hospedagem precisam se preparar para todos os tipos de hóspedes, incluindo as crianças. 

É importante oferecer móveis adaptados e quartos especiais para os pequenos, já que eles também precisam ter uma boa experiência durante a viagem.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

O que você pode reformar no seu hotel para atrair novos hóspedes

É o objetivo de qualquer hotel atrair novos hóspedes, afinal, é dessa forma que o estabelecimento aumenta seus lucros e consegue crescer no mercado.

Só que a concorrência nesse setor é muito alta, principalmente nas cidades turísticas do país. Por isso, é importante ter em mãos boas estratégias de divulgação e oferecer todo o bem-estar que os clientes procuram.

Uma das melhores maneiras de garantir esse conforto é fazendo uma boa reforma, que pode acontecer sem precisar investir muito. 

Neste artigo, trouxemos algumas dicas para você reformar o seu hotel de um jeito inteligente.

Importância do conforto nos hotéis

O conforto é algo que as pessoas procuram o tempo todo, seja em casa, no trabalho ou em um restaurante. Mas quando se trata de hotéis, este quesito é ainda mais importante, principalmente para quem está de férias.

Por isso, é fundamental que o hotel ofereça condições mínimas que deixem os hóspedes confortáveis, como ambiente limpo e organizado, boa climatização, mobília conservada, boa iluminação etc.

Há ainda algumas pequenas reformas que podem ser feitas para melhorar ainda mais o hotel e deixá-lo mais atraente para o público. Confira a seguir!

Dicas de reformas

Existem alguns pontos que devem ser levados em conta na hora de fazer uma reforma no hotel, tais como:

  • Fachada;
  • Quartos;
  • Recepção;
  • Estacionamento.

Isso porque eles são os principais pontos do estabelecimento, além de ser o que os clientes mais avaliam na hora de se hospedar. Algumas dicas são:

1 – Fachada

A fachada é a responsável por causar uma primeira impressão aos futuros hóspedes. Uma boa pintura, paisagismo de jardim e um letreiro luminoso são essenciais para um exterior atraente e que desperte o interesse dos clientes.

Procure harmonizar esses aspectos sem precisar mudar totalmente a fachada. Para não errar, escolha uma cor neutra, plantas e flores fáceis de cuidar no jardim e um letreiro sóbrio.

2 – Quartos

Eles são a parte mais importante de qualquer hotel, afinal, é onde os hóspedes vão passar seu tempo de descanso. Portanto, uma boa dica é fazer a manutenção hidráulica, caso necessário.

Ela evita entupimentos e vazamentos que podem prejudicar a pintura e, claro, incomodar o hóspede. Também verifique a pintura e as condições da iluminação. Se possível, instale um ar-condicionado.

3 – Recepção

Além de um bom atendimento, a recepção do hotel precisa ter um aspecto agradável. Verifique a pintura, a iluminação, condições do balcão e mobília, e providencie os reparos necessários.

Invista na decoração dessa área, como quadros, vasos e tapetes e persiana de rolo nas janelas. Apesar de simples, eles podem mudar totalmente a impressão que a recepção causa nos futuros hóspedes.

4 – Estacionamento

O estacionamento é muito importante para as pessoas que viajam de carro, afinal, é uma garantia de segurança para os automóveis.

Por isso, providencie iluminação adequada e, principalmente, uma boa sinalização. 

Para isso, contrate empresas especializadas em pinturas de estacionamento, pois elas fazem a divisão de vagas.

Utilize placas que conduzam os motoristas e garanta sinalizações para a noite e em caso de queda de energia. Para melhorar ainda mais o conforto e a segurança, contrate um manobrista.

Conclusão

Essas dicas de reforma, apesar de simples, vão impactar positivamente os hóspedes e futuros hóspedes, e fazer com que eles voltem outras vezes. Ou seja, são investimentos que têm o poder de aumentar os lucros.

Mais do que atrair pessoas para o seu hotel, é possível fidelizar aqueles que já se hospedaram e farão com que as pessoas sempre recomendem o estabelecimento.

Investir no conforto dos clientes é investir em qualidade de atendimento e prestação de serviço, fatores muito importantes para o sucesso de seu hotel.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Aproveite o tempo sem hóspedes para transformar o seu hotel em um novo

Por conta da quarentena, a maioria dos hotéis estão sem hospedes. Este período pode ser difícil para muitos, uma vez que o fluxo de caixa e de clientes fica parado.

No entanto, pode ser um excelente momento para tirar do papel algumas ideias, como a reforma do hotel. Com os hóspedes fica mais difícil por vários motivos, pois eles estão circulando pelas áreas e porque o barulho pode incomodar.

Por isso, neste artigo, reunimos algumas dicas para fazer uma boa reforma e se preparar para receber os hóspedes quando a situação se normalizar.

Vale a pena reformar um hotel?

As reformas sempre valem a pena, uma vez que todo imóvel precisa de reparos e manutenção. É por meio delas que toda a estrutura física de uma espaço é preservada e também modernizada.

Muitos hotéis são conhecidos por sua tradição, características e história, porém, mesmo nesses casos reformar é indispensável, principalmente em prédios mais antigos.

É o momento de analisar a instalação e manutenção elétrica e também de trazer um novo ar para o empreendimento. Essa renovação vai trazer o antigo padrão de volta ou até melhorá-lo.

Os ambientes tornam-se mais agradáveis e essas mudanças podem, inclusive, ser sugeridas pelos hóspedes fiéis, aqueles que costumam se hospedar com mais frequência no seu hotel.

O que reformar ou mudar em um hotel?

O fato de não ter pessoas hospedadas dá mais liberdade para agir. Algumas ideias que vão transformar o hotel e trazer muitas vantagens são mudanças ou reformas em:

  • Quartos;
  • Recepção;
  • Banheiros;
  • Fachadas.

Esses são os pontos mais importantes e que são mais considerados pelos clientes. Para saber o que fazer, o proprietário pode se inspirar em alguns projetos arquitetônicos ou seguir algumas dicas, como:

1 – Quartos

Pintura e troca de papel de parede são mudanças simples, mas que fazem toda a diferença. 

Mobílias antigas ou danificadas também devem ser trocadas, para trazer mais conforto ao hóspede.

Aproveite para avaliar se os pisos precisam ser substituídos. Caso sejam de madeira original, uma boa dica é contratar uma empresa especialista em manutenção de tacos e assoalhos.

2 – Recepção

Escolha sempre os melhores materiais para essa parte, como pisos de qualidade, tintas das melhores marcas, aproveitando para impermeabilizar esse ponto do hotel, protegendo-o de problemas como infiltrações e vazamentos.

Convém avaliar se o hotel precisa de um novo software para reservas para modernizar isso também, bem como os equipamentos usados na recepção.

3 – Banheiros

Os banheiros são parte fundamental de qualquer quarto de hotel, por isso, as instalações devem estar funcionando perfeitamente bem.

É importante avaliar as condições de pisos e revestimentos e providenciar a troca ou substituição de peças quebradas ou que estejam faltando. Além de prejudicar visualmente, pode causar acidentes como cortes.

Modernizar itens como pias, torneiras, banheiras (se tiver), descargas e gabinetes também é necessário. 

No caso de torneiras e encanamentos, estes são itens que podem trazer prejuízos se estiverem velhos, danificados ou com vazamentos.

4 – Fachadas

A fachada de um hotel é tão importante quanto se imagina. As pessoas costumam classificar o lugar pela seu exterior, portanto, mais do que uma reforma, este ponto precisa de manutenção todos os anos.

A pintura precisa estar conservada, as áreas limpas, com gramas aparadas e iluminação adequada. Toldos e janelas precisam estar em boas condições, e devem ser substituídos se estiverem quebrados ou muito desgastados.

Toda a área externa importa, por isso, também é imprescindível avaliar as condições do piso de madeira deck, caso tenha.

Conclusão

Toda reforma, da mais simples às mais complexas, vão trazer mudanças positivas para o hotel em longo prazo. Futuros clientes vão adorar, e os antigos também!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Investir em quartos personalizados vale a pena para o seu hotel?

Os quartos personalizados tornaram-se as grandes apostas de hotéis da atualidade, por isso, a resposta para essa pergunta é sim!. 

Quebrando a monotonia do espaço, visto que normalmente as acomodações hoteleiras possuem sempre a mesma decoração, com design muito semelhante, a personalização do ambiente pode surpreender muitos hóspedes que desejam algo novo.

No entanto, para atender as expectativas dos clientes, não se pode descuidar do conforto e da comodidade – itens básicos para qualquer quarto de hotel. 

Sendo assim, para personalizar o ambiente, também é preciso criar um espaço funcional, aproveitando ao máximo da acomodação.

O artigo de hoje traz algumas dicas de como investir em quartos personalizados para o seu hotel e oferecer algo único aos seus hóspedes. Acompanhe a leitura!

4 dicas para personalizar o seu quarto de hotel

Os quartos personalizados tendem a atrair mais viajantes para o seu hotel, além de serem ótimos ativos de marketing para as suas estratégias de divulgação. 

Ou seja, ter uma acomodação diferente pode significar o sucesso do seu empreendimento.

Confira abaixo dicas de como personalizar o seu quarto de hotel.

1 – Organize o layout

A disposição dos móveis é algo essencial em qualquer quarto de hotel. Por isso, antes de começar a decoração, faça um desenho do design, sempre verificando a melhor forma de aproveitar o espaço.

Por exemplo, a luminária para quarto deve ficar perto da cama, para que o hóspede não precise levantar para desligar a luz quando for dormir.

Esses detalhes fazem toda a diferença e também vão ajudar a perceber onde é possível investir em decoração e o que pode ser modificado no quarto de hotel.

2 – Misture texturas e materiais

Normalmente, os quartos de hotel são sóbrios, com paredes em tonalidades neutras e pouca diferenciação de materiais. 

Mas, ao personalizar a acomodação, é possível usar diferentes texturas, agregando estilo e sofisticação ao ambiente.

Essa técnica é usada por hotéis 5 estrelas, pois é uma forma de transmitir exuberância e grandiosidade. 

Além disso, a mistura de materiais pode agradar pessoas com diferentes estilos, desde um hóspede que deseja uma acomodação mais moderna, até alguém que preza pelo rústico.

3 – Aproveite a iluminação natural

A iluminação natural pode dar um toque especial aos quartos de hotel. Por isso, muitas acomodações dão preferência para o uso de persiana para quarto, ao invés de pesadas cortinas em tecido.

Dessa maneira, o hóspede pode controlar a entrada de luz conforme às suas necessidades. 

Além disso, o ambiente fica muito mais iluminado, o que ajuda na sensação de grandeza e de amplitude. No entanto, lembre-se de verificar a intensidade do sol. 

Para quartos com muito espaço aberto e com iluminação direta, talvez seja apropriado instalar uma cortina de rolo, que além de evitar a superexposição de luz solar, também atua como isolante térmico.

4 – Defina um tema

Os quartos temáticos também são capazes de atrair novos clientes, ainda mais quando o seu público-alvo é formado por jovens. 

Muitos hostels já aderiram a esse tipo de decoração, e as acomodações levam até o nome do tema. Há diversas opções, por exemplo:

  • Tema de mar, para hotéis praianos;
  • Tema de acampamento, para hotéis em montanhas;
  • Tema infantil, para quem viaja com os filhos;
  • Tema romântico, para lua-de-mel;
  • Entre outros.

O importante é apostar na criatividade, mas sem perder o conforto e a funcionalidade das acomodações.

Conclusão

Os quartos personalizados aparecem como ótimas alternativas para os hotéis que desejam inovar e conquistar novos clientes. 

Com um toque de criatividade e planejamento, é possível ter um ambiente muito aconchegante, mas que surpreenda positivamente seus hóspedes e, com isso, o seu hotel conquista reconhecimento no mercado.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

5 dicas para reformar o quarto sem muitos gastos

A mudança de ambiente é muito boa para trazer o bom humor dos moradores e trazer novos ares para a casa. Mas, só falar de uma nova reforma para lembrar dos custos, especialmente ao reformar o quarto, um dos espaços mais personalizados de um local.

Esse é um desafio que também incide para arquitetos e designers de interiores, pois é preciso conhecer as preferências de cada morador para proporcionar um cômodo diferente, sofisticado e moderno.

Para além do senso comum, é possível sim reformar o quarto sem muitos gastos. O artigo de hoje vai trazer 5 dicas para transformar o ambiente, deixando-o muito mais confortável e aconchegante. Acompanhe a leitura!

1 – Pesquise por referências e defina um estilo

O quarto é um refúgio particular, pois é o local onde recarregam-se as energias, sendo um espaço íntimo da casa. 

Por isso, é importante que o cômodo tenha toques pessoais na decoração, em um estilo que combine com as particularidades do indivíduo.

Sendo assim, a primeira dica é pesquisar por referências e definir um estilo adequado. 

Por exemplo, pessoas mais organizadas podem preferir uma decoração minimalista, enquanto crianças precisam de um espaço mais divertido.

2 – Aproveite os objetos antigos

Uma reforma não precisa necessariamente da compra de móveis e objetos novos. É possível transformar o ambiente, pintá-lo ou fazer uma nova decoração reaproveitando os artigos que já estão no quarto.

Por exemplo, uma cortina branca para quarto, só de bem higienizada, já faz uma grande diferença no aposento. 

Em conjunto com isso, os móveis também podem ser reorganizados em novos locais, para transformar a decoração.

Outra opção é pintar os objetos, principalmente a mobília. Um criado mudo em madeira pode ser revestido com uma tinta colorida, para se destacar no ambiente. 

Ou então, uma cortina persiana para quarto pode receber um acabamento metálico, para uma decoração sofisticada.

Alguns elementos mais baratos que você já tem em casa, como vasos e plantas, os chamados “enfeites botânicos”, também dão um toque especial ao quarto. 

Pode-se investir em flores secas em vasos que você já tem em casa, ou em um vasilhame de vidro.

3 – Aplique revestimento na parede

Os revestimentos podem ser ótimos aliados para a mudança na decoração dos quartos. Isso porque eles estão disponíveis em vários modelos e, além disso, possuem muitas vantagens, tais como:

  • Facilidade de instalação;
  • Praticidade de limpeza;
  • Disponibilidade em muitas cores;
  • Dispensa grandes reformas.

Nesse sentido, é possível aplicar um papel de parede listrado para a decoração do quartos de casais, ou um revestimento com personagens de desenhos animados, para quartos infantis.

4 – Use cestos e caixas organizadoras

Essa é uma dica preciosa para o quarto das crianças. Mais do que organizar os brinquedos e roupas, os cestos e caixas também funcionam como itens de decoração, acompanhando as tonalidades do quarto.

As caixas podem ser afixadas na parede, em uma espécie de estante, que também serve para colocar novos itens decorativos.

5 – Foque na cama

A cama é o móvel principal do quarto. Por esse motivo, ela precisa de uma atenção especial, principalmente quando desejamos mudar a decoração do ambiente.

Isso pode ser feito de várias formas, como a compra de um novo jogo de cama, ou novas capas para as almofadas e travesseiros. 

Só com a troca desses elementos, é possível dar uma cara nova ao quarto.

Conclusão

Apesar de muitas pessoas terem medo de fazer qualquer mudança em casa, por conta dos altos custos, é possível reformar o quarto sem prejuízos financeiros. 

No entanto, vale a pena ter um planejamento organizado para aproveitar ao máximo as dicas acima. Assim, você terá um ambiente único e personalizado!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.