4 dicas para desenvolver uma persona para o seu hotel

O crescimento do marketing digital tem popularizado alguns conceitos, como o de persona. Contudo, ainda existem vários desafios no tocante ao modo de identificá-la.

A confusão mais comum é entre ela e o público-alvo. Afinal, qual a relação entre ambos, qual deles é mais recente e qual o papel de cada um?

A melhor maneira de responder isso para quem está no ramo hoteleiro, é por meio de dicas práticas. Então, basta seguir adiante na leitura.

1. O que exatamente é a persona?

A primeira dica indispensável sobre como desenvolver uma persona eficiente e assertiva para o seu negócio é conhecendo bem esse conceito.

É bem simples: se o público-alvo focava aspectos mais gerais como endereço, idade, gênero e poder aquisitivo de um grupo, a persona vai além, frisando os hábitos e as convicções dos clientes em potencial.

Trata-se de criar verdadeiros personagens semi fictícios, com nome completo e até foto de alguém real. Quem é o alvo de uma loja de enxoval para quarto infantil, por exemplo?

Tais perguntas valem para qualquer segmento, especialmente para hotéis e o setor de turismo. Ao meditar sobre esses aspectos, você terá uma compreensão bem maior do seu público e da mudança de hábitos dele.

2. Sobre a quantidade de perfis

Em seguida, é preciso entender que o público-alvo não é algo “superado”. A estratégia começa por ele, mas depois é preciso ir além e aprofundar nas personas.

Com isso, surge um ponto essencial: o de não cair em dispersões. Se o público-alvo é muito sintético para o horizonte atual do marketing, as personas correm o risco de cair no outro extremo.

Para evitar isso, o indicado é compor dois, no máximo três perfis. No ramo hoteleiro, que tal criar o perfil de um jovem universitário e viajante, o de um casal com (ou sem) filhos, e o de pessoas idosas que também busquem tais soluções?

3. Quais as perguntas essenciais?

A estratégia das personas nada mais é do que uma metodologia de segmentação do mercado que, inclusive, vive crescendo e se modificando constantemente.

Depois de afunilar seu público dentro de um oceano de possibilidades (localização demográfica, poder aquisitivo, eventuais limitações de gênero, etc.), é preciso entender a fundo o comportamento dos perfis.

Munido da rotina mais imediata do seu segmento, seja o ramo hoteleiro, de turismo ou uma empresa de pintura predial externa, as perguntas que precisarão ser feitas são:

  • O que meu cliente faz nas horas vagas?
  • Quais são suas expectativas de médio e longo prazo?
  • Com o que trabalha e qual sua fonte de renda?
  • Quais suas prioridades de investimento?
  • Como ele consome conteúdos e novidades?
  • Qual a principal rede social que ele utiliza?

Aqui sim é possível exagerar: quanto mais perguntas, ou ao menos quanto mais detalhadas, melhor será o resultado final.

4. Por dentro das pesquisas

Já deve ter ficado claro que não se trata de lidar com meras opiniões. É preciso fazer pesquisas e levantamentos que sirvam como subsídio para responder às perguntas listadas acima.

Se uma loja vende desde móveis até cortina wave quarto e já tem uma clientela, não vai ser difícil levantar alguns dados por e-mail ou mesmo por telefone.

Hotéis e os demais segmentos, ou até quem está iniciando agora, ainda podem contar com as redes sociais. É possível criar grupos e estimular a participação por meio de descontos.

Também existem softwares e aplicativos que ajudam na automatização do processo e na tabulação dos dados levantados.

Todo esforço é pouco. Afinal, as vantagens implicadas na criação da persona de um hotel estão diretamente ligadas ao seu sucesso no curto, médio e longo prazo.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Tenha um mural de fotos no seu hotel! Veja o impacto positivo

O mural de fotos nada mais é que um painel repleto de imagens fotográficas de bons momentos, sendo uma ótima forma de decorar hotéis e outros meios de hospedagem.

Afinal de contas, é uma forma de mostrar aos novos hóspedes o quanto o estabelecimento pode ser confortável, já que outras pessoas tiveram experiências positivas quando se hospedaram lá, o que pode ser visto pelo registro.

Além do mais, muitos estabelecimentos usam o mural de fotos para impactar o público com a divulgação de pessoas famosas que já passaram uma temporada no hotel.

Dessa forma, muitos clientes se sentem satisfeitos por terem se hospedado no mesmo local que uma celebridade, ator ou atriz famosa, por exemplo.

Por esse motivo, tenha um mural de fotos no seu hotel, pois o impacto é muito positivo.

No artigo de hoje, vamos mostrar algumas dicas de como decorar a sua hospedagem com fotos e ter um ambiente confortável para os clientes. Acompanhe a leitura!

Use um mural de fotos na recepção

Para os hotéis que desejam investir em algo mais simples e intimista, uma forma de usar o mural de fotos é colocá-lo logo na recepção, onde ocorre o primeiro contato dos hóspedes, além de ser um espaço de tráfego frequente de pessoas.

A decoração pode ser feita com uma estrutura de ferro para banner e a impressão das fotografias em material gráfico. Outra opção é um mural feito em cortiça, recomendado para hospedagens que têm uma identidade mais campestre e rural.

Coloque fotos em objetos da decoração

Além do mural de fotos exposto em um determinado ambiente do hotel, outra forma de decoração bastante usada nos dias de hoje é a personalização de objetos, ou até mesmo lembrancinhas, com fotos dos clientes.

Dessa forma, é possível fazer uma impressão de calendário de mesa, colocá-lo na recepção, em que cada mês aparece a foto de um hóspede.

Imprima um pôster

Para os hotéis que desejam uma decoração mais contemporânea, fugindo dos tradicionais murais de fotografia em alumínio ou cortiça, uma opção viável é o pôster.

Diferentemente do que se pensa, os posters não precisam ser de uma única imagem, mas sim, de um compilado de fotografias. Com isso, imita-se um mural de fotos, porém com um design muito mais moderno e ousado.

Tenha um espelho mágico de fotos

O espelho mágico fotográfico é um dos equipamentos mais inovadores do ramo de fotografia, que pode ser usado como totem para o marketing do seu hotel.

O item virou febre nos casamentos e festas de debutantes, pois permite que os convidados tirem fotos e vejam como ela irá ficar na impressão. Para os meios de hospedagem, é uma forma divertida de entreter os clientes e vender algo personalizado.

Use fotos da paisagem

Outra dica para o mural de fotos do seu hotel é investir em fotografias da paisagem local, como uma maneira de despertar a curiosidade dos hóspedes para os principais pontos turísticos da cidade.

Essa estratégia é muito válida para estabelecimentos que também oferecem serviços de passeios, já que é possível colocar o mural na sala onde as negociações são feitas. Desse modo, os vendedores podem mostrar as atrações de um modo muito mais fácil aos clientes.

Aqui, é possível colocar fotos de:

  • Praias;
  • Cachoeiras;
  • Festas noturnas;
  • Centros históricos;
  • Entre outros.

Vale a pena apostar na criatividade para despertar a atenção dos hóspedes.

Conclusão

Não é de hoje que as fotos são usadas como parte da decoração dos hotéis. O artigo de hoje buscou trazer algumas dicas de como usá-las no seu meio de hospedagem, de forma criativa e diferenciada, para melhorar a experiência dos hóspedes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Entenda por onde começar a conquistar o seu hóspede

Trabalhar com o público exige comprometimento e o desenvolvimento de estratégias capazes de conquistar essas pessoas e fazer com que elas se tornem fiéis clientes do seu hotel. 

Sendo assim, é essencial que o empresário entenda o perfil dos seus hóspedes e encontre meios de cativar a atenção deles, o que pode ser fundamental para o crescimento e o sucesso do estabelecimento no setor de turismo. 

Há uma série de possibilidades que podem ser consideradas para que uma empresa tenha bons resultados na captação e fidelização do público. Muitas delas apostam na distribuição de brindes úteis, como os chaveiros mosquetão ou canetas personalizadas.

Para um hotel, pode ser interessante elaborar um planejamento ainda mais assertivo, no qual as ações aplicadas para conquistar os clientes possam trazer o retorno desejado e ideal para esse tipo de estabelecimento. 

Se você administra ou possui um hotel e quer entender por onde começar o processo de conquista de hóspedes, siga na leitura deste conteúdo e saiba mais sobre o assunto. 

Como começar a conquista de clientes

Fazer a venda de um pacote de diárias no hotel não deve ser o único foco do estabelecimento. É claro que essa é uma etapa importante do faturamento, mas é essencial que os hóspedes do estabelecimento se tornem clientes fiéis. 

Isso porque quando uma pessoa precisa viajar com frequência para a mesma localidade, é comum que ela desenvolva alguns hábitos, sendo que reservar um quarto no seu hotel pode ser um deles. 

Porém, assim como para uma gráfica que vende imã de geladeira em PVC, para que isso seja possível, o hotel precisa desenvolver estratégias que otimizem a conquista do cliente, de maneira que ele se sinta satisfeito de desfrutar dos serviços oferecidos no espaço. 

Nesse sentido, é possível aplicar algumas práticas bem simples e eficazes, tais como:

  • Eliminar processos burocráticos;
  • Oferecer condições especiais de pagamento;
  • Desenvolver um programa de fidelidade;
  • Distribuir bônus e brindes.

Processos burocráticos são sempre cansativos e podem deixar os clientes insatisfeitos. Por isso, quanto menos etapas para a utilização do hotel com tranquilidade, melhor. 

As condições de pagamentos também são essenciais. Opções de parcelamento são sempre bem-vindas, principalmente para quem terá uma estadia longa. 

Desenvolver um programa de fidelidade para os hóspedes é uma alternativa bastante atrativa, uma vez que eles podem ter descontos interessantes caso tenham muitas viagens agendadas. 

Dessa maneira, certamente ele optará pela reserva no seu hotel, ganhando ainda mais familiaridade com as suas instalações e a preferência pelos seus serviços. 

Do mesmo modo, distribuir bônus e brindes é uma ideia interessante para tornar a estadia ainda mais confortável. Sendo assim, não deixe de investir nesse ponto. 

Essas são apenas algumas sugestões, que podem trazer retornos bastante positivos na conquista de hóspedes para o seu estabelecimento. 

A importância de realizar um planejamento

Assim como em uma empresa de restauração de fachada predial, é fundamental que o hotel desenvolva um planejamento detalhado das ações que serão aplicadas no processo de conquista e fidelização de clientes. 

Isso porque pode ser necessário ir modificando algumas delas, além de poder mensurar quais foram mais eficazes e que devem permanecer entre as principais estratégias do negócio. 

Além disso, é válido realizar pesquisas de satisfação com as pessoas que desfrutaram das suas acomodações, entendendo o que mais as agradou e quais elementos são passíveis de melhorias. 

Com essas informações, é possível criar ações de fidelização ainda mais assertivas, que vão contribuir para um crescimento positivo do hotel. 

Por isso, não deixe de investir nas dicas sugeridas neste artigo e tenha a certeza de que o seu estabelecimento conquistará cada vez mais clientes, aumentando os seus lucros. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Conheça 4 dicas para adaptar um quarto para idosos

Adaptar um quarto para idosos tem cada vez mais se provado uma necessidade na rede hoteleira do Brasil, afinal, o número de idosos no país está em constante crescimento.

De acordo com o IBGE, a estimativa é que até 2060 as pessoas com mais de 65 anos representem 25,5% da população brasileira.

Essas pessoas ainda são economicamente ativas e, muitas vezes, por estarem aposentadas ou com condições melhores de vida, aproveitam para fazer frequentes passeios e viagens, sozinhas ou em grupo.

Ainda assim, diversos cuidados acabam sendo necessários para o cuidado com os mais velhos. 

Alguns elementos podem facilmente tornar um quarto mais adaptado para as necessidades desses clientes, tornando o estabelecimento muito mais atrativo para o mercado hoteleiro, que está em constante ascensão.

Em casas de repouso no tatuapé e outros bairros, por exemplo, já possuem toda a infra-estrutura necessária para a acomodação de idosos. 

Embora um hotel não precise de todas as especificações, consultar uma casa de repouso pode ser um excelente ponto de partida.

Neste artigo, trouxemos algumas dicas que vão auxiliar seu hotel a fazer as adaptações necessárias. Acompanhe!

Como fazer a adaptação de um quarto para idosos

Com essas dicas, é possível estabelecer quais quartos serão mais adequados para fazer a adequação, além de compreender as necessidades que o público idoso para atrair tais clientes em potencial para seu hotel:

1. Circulação

É ideal que os quartos adaptados para idosos possuam facilidade de circulação no ambiente. O caminho entre o quarto e o banheiro, por exemplo, não deve ter objetos, facilitando a chegada do hóspede de um cômodo a outro.

Caso haja um corredor entre os dois ambientes, o ideal é pensar em iluminação automatizada, com a utilização de sensores de movimento. 

Esse tipo de recurso é ideal para evitar acidentes em períodos de menor movimentação de funcionários, como o período noturno.

2. Acessibilidade

Os cômodos devem possuir equipamentos de acessibilidade para que o idoso sinta confiança em ficar sozinho enquanto caminha pelo hotel. Alças e barras nos banheiros, para auxiliar a movimentação, são um grande diferencial.

Um corrimão de ferro para escada interna também é um item de segurança que pode salvar vidas, caso haja uma escada entre algum dos ambientes do seu estabelecimento. 

Itens de segurança nunca são demais quando lidamos com um cliente de mais idade. 

3. Móveis

Alguns móveis requerem alguns cuidados especiais em um quarto adaptado. A mobília do local deve possuir cantos arredondados para, desta forma, impedir que não ocorram danos físicos caso haja um impacto entre o idoso e o móvel.

Além disso, outros itens do mobiliário e decoração requerem adaptações:

  • Camas com cabeceiras amplas;
  • Armários com iluminação interna;
  • Quinas de mesas e portas com protetores;
  • Cortinas ao invés de persianas.

Ademais, o colchão deve ser de tamanho adequado, o suficiente para que a pessoa não tenha dificuldades em colocar o pé no chão ao se sentar, e nem obstáculos para se levantar da cama.

4. Estrutura

A estrutura do local deve ser mantida pensando no bem-estar dos clientes, e isso se intensifica no caso de pessoas mais velhas.

Mantenha sempre os cômodos arejados, livres de mofo e ácaro, além da manutenção em dia. Sempre que possível, realize a  impermeabilização de laje antiga, entre outros reparos no seu hotel que podem fazer a diferença para seus clientes.

Com essas pequenas mudanças, seu estabelecimento estará pronto para aproveitar um público frequente, dedicado e muitas vezes fiel. 

Tratar bem um grupo da terceira idade pode ser a chave para manter seu estabelecimento recebendo novos clientes, normalmente indicados por aqueles que foram conquistados e tiveram suas necessidades satisfeitas no hotel.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Qual o impacto que um bom engajamento nas redes traz para o seu hotel?

O engajamento nas redes é algo que toda empresa deve investir, uma vez que as redes sociais são parte fundamental das estratégias de marketing.

Elas estão presentes em nossas vidas e influenciam nosso comportamento em muitos aspectos, como quando nos comunicamos e compramos algum item pela internet.

Não estar nas redes sociais chega a ser motivo de desconfiança para os consumidores, e isso não muda quando falamos dos hotéis. Esses estabelecimentos também precisam marcar presença online para conquistar um público engajado.

É dessa forma que o hotel terá acesso a uma série de benefícios, que falaremos ao longo deste texto. Confira!

Benefícios do engajamento nas redes

As redes sociais são plataformas usadas pelas pessoas para manterem contato umas com as outras, com as marcas e para compartilharem interesses nos mais variados assuntos.

Por meio dessas plataformas, os hotéis e qualquer outro tipo de negócio conseguem engajar o público, ou seja, fazer com que as pessoas interajam mais com eles.

Dessa interação, nasce um relacionamento e oportunidades de negócios. Pelas redes sociais, também é possível aumentar o engajamento de quem já é cliente, entregando soluções e oferecendo uma experiência positiva.

Essas pessoas passam a defender a marca, seja um hotel ou uma loja de enxoval quarto infantil, bem como a recomendam para outras pessoas.

O cultivo do engajamento é importante para a reputação da marca e melhorar a sua imagem. As redes sociais sempre encontram consumidores mais dispostos a interagir, recebendo e compartilhando informações, como:

  • Facebook;
  • Instagram;
  • YouTube;
  • Twitter.

Até mesmo o LinkedIn entra como uma boa opção, principalmente para os negócios B2B (Business to Business). Esse engajamento é responsável por outros benefícios, entre eles:

1 – Economia de investimentos em marketing

Se um hotel tem um bom engajamento, consegue fidelizar clientes e não precisa investir em esforços para conquistá-los, pois eles sempre voltam a se hospedar.

O dinheiro que seria destinado à aquisição desses clientes pode ser investido em outras necessidades do hotel, como pintura predial externa.

2 – Aumento do valor da marca

Quando clientes engajados falam do hotel para outras pessoas, sua reputação e valor de marca tendem a aumentar naturalmente.

Os consumidores seguem recomendações de outras pessoas que já adquiriram determinado produto ou serviço. É o que chamamos de “propaganda boca a boca” que, quando conquistada, traz ótimos resultados ao negócio.

3 – Diminuição da taxa de churn

Taxa de churn é uma métrica que indica o quanto o hotel perdeu receita ou cliente. Mas quando a experiência dos hóspedes vai além da jornada de compra, essa taxa diminui.

O consumidor está constantemente em contato com o hotel, o que reduz o tempo que ele leva entre uma hospedagem e outra.

Toda vez que ele precisar se hospedar em uma cidade que tem o hotel daquela franquia, ele fará essa escolha, gerando uma renda recorrente para o negócio.

Daí a importância de investir em diferenciais que vão desde o atendimento no balcão de check-in, até na estrutura dos quartos, como forro de gesso detalhado.

É importante frisar que todas essas questões vão além da experiência de compra do cliente.

Conclusão

Conquistar o engajamento dos clientes pelas redes sociais é importante, mas nem sempre é um trabalho fácil, principalmente para quem está começando a investir nessa estratégia.

Dessa forma, é necessário fazer um bom planejamento que inclua as ações que serão tomadas, ou contar com uma agência ou profissional especializado no assunto.

Eles vão estudar o público do hotel, o comportamento dele em cada rede social e os objetivos do negócio. A partir disso, vão criar estratégias de marketing de engajamento para impactar essas pessoas, trazendo resultados como os benefícios mencionados.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Entenda o quanto é importante as sinalizações em um hotel

As sinalizações fazem parte de um conjunto de elementos gráficos que compõem a comunicação visual dos mais variados negócios, incluindo o ramo hoteleiro.

Os símbolos e os recursos imagéticos são os principais responsáveis pela transmissão dos valores e objetivos da marca, criando uma identidade visual adequada à missão da empresa – é a “cara” do negócio.

Para os meios de hospedagem, todo o projeto arquitetônico, a decoração, o logo e as sinalizações fazem parte da comunicação visual e, consequentemente, atuam no marketing hoteleiro, na prospecção de clientes e no diferencial competitivo do estabelecimento.

No artigo de hoje, entenda o quanto é importante as sinalizações em um hotel e saiba como usá-las da melhor forma na sua hospedagem. Acompanhe a leitura!

Por que os hotéis usam placas de sinalização?

Além de ajudar a transmitir os valores da empresa, as placas de sinalização são, muitas vezes, obrigatórias para alertar sobre condições de risco, perigo e orientação ao público. Alguns exemplos são:

  • Saídas de emergência;
  • Portas corta-fogo;
  • Perigo de incêndio;
  • Produtos perigosos;
  • Entre outros.

A sinalização horizontal para deficientes físicos também é necessária, uma vez que ela assegura o direito de vagas de estacionamento e outras condições fundamentais aos portadores de deficiência física.

Neste caso, a comunicação visual é padrão, visto que é preciso seguir as normas e os ícones universais, para que todos possam identificar rapidamente a informação.

Em conjunto a isso, também vale ressaltar a obrigatoriedade da sinalização de trânsito. Aqui, ela orienta a forma correta de fazer a pintura de faixa de estacionamento, por exemplo, de acordo com as leis de trânsito brasileiras.

Ou seja, cumprir corretamente as normas de sinalização de segurança, é uma forma do hotel demonstrar a sua preocupação com os hóspedes, garantindo toda a proteção e cumprimento de direitos.

Mas e a comunicação visual orientada ao marketing?

Fora as placas de sinalização obrigatória, o hotel também deve se concentrar na impressão e construção de elementos visuais que promovam a identificação da marca.

Para isso, vale a pena investir em objetos decorativos personalizados com o logo da hospedagem, como panos de prato, copos, jogos americanos, lençóis, guardanapos, entre outros acessórios que ajudam a fixar a empresa no imaginário dos clientes.

A própria pintura interna e externa do estabelecimento deve seguir um padrão de cores da identidade visual. Dessa forma, ao pintar a cobertura metálica para estacionamento, lembre-se de avaliar se a tonalidade se relaciona com toda comunicação da marca.

Quais as vantagens das sinalizações para hotéis?

A expressão “uma imagem vale mais do que mil palavras” reflete bem a importância das sinalizações e comunicação visual para o ramo hoteleiro.

Os elementos imagéticos conseguem transmitir uma informação de maneira objetiva, além de causar um grande impacto no público. Quando se acompanha o manual de identidade visual, os resultados são mais perceptíveis.

Assim, a audiência se aproxima da sua marca, através da identificação das sinalizações e elementos visuais. Entre outras vantagens da comunicação visual, destacam-se:

  • Reforço do branding e da autoridade de mercado;
  • Maior eficácia na atração de clientes;
  • Educa o consumidor sobre os valores da empresa;
  • Tem uma grande versatilidade de aplicações.

Por essa razão, os meios de hospedagem que desejam se destacar da concorrência devem começar investindo em sinalizações e uma excelente comunicação visual.

Conclusão

Muito além das placas de emergência e segurança, as sinalizações de um hotel envolvem todos os elementos visuais que ajudam a compor a identidade da marca e transmitir os valores da empresa no mercado.

Sendo assim, todos os hotéis que desejam obter destaque devem planejar uma comunicação visual assertiva e de excelência, pois ela será uma das principais responsáveis pelo marketing da empresa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Como utilizar a cidade a favor do seu hotel?

A cidade onde um hotel está localizado tem papel importante para atrair mais hóspedes, podendo ser usada a favor dele. Afinal, se alguém a escolheu determinada localidade como destino, nada mais natural do que querer conhecê-la.

Várias estratégias de marketing podem ser aplicadas, tanto dentro quanto fora da internet, trazendo resultados muito positivos para os negócios. Basta apenas saber como fazer isso.

Neste artigo, vamos dar algumas dicas de como usar a cidade a favor do seu hotel e atrair cada vez mais hóspedes. Confira!

Como as pessoas escolhem os destinos?

Várias razões levam um indivíduo a escolher seu destino, dentro ou fora do país. Entre os principais motivadores, temos:

  • Conhecer novas culturas;
  • Visitar belezas naturais;
  • Aprender algo;
  • Se aventurar.

Outros fatores determinantes são lugares que as pessoas sempre quiseram conhecer, roteiros que chamam a atenção, como visitas a museus com fretamento para excursões, clima, comidas típicas, entre outros.

Todas essas razões podem se transformar no chamariz perfeito que um hotel pode usar para atrair mais hóspedes.

Utilizando a cidade como vantagem

Vamos começar com algumas dicas off-line, ou seja, ações de marketing que são feitas fora da internet. Uma delas é oferecer um folder com uma rota para passeios.

Se você tem um hotel, sabe bem quais são os pontos que mais atraem os turistas na cidade, certo? Invista em panfletos que mostrem as rotas para esses locais, incluindo os meios para chegar lá, como ônibus, metrô, pontos de táxi, etc.

Para incrementar ainda mais essa estratégia, o hotel pode fazer uma promoção que inclua fretamento de vans para os principais pontos turísticos. Assim, o hóspede pode seguir a sua indicação com mais tranquilidade e segurança.

Espalhe fotos bem feitas dos locais da cidade pelo hotel, em áreas comuns como recepção, restaurante e corredores.

Escolha molduras bonitas para enquadrá-las e acrescente ao lado de cada fotografia um pequeno resumo sobre a história desses pontos. Dentre eles, você pode destacar:

  • Praias e cachoeiras;
  • Monumentos;
  • Estabelecimentos;
  • Praças.

Tudo o que for realmente relevante e atraente para os hóspedes deve ser destaque nas áreas comuns. Isso vai ajudá-los a montar um belo roteiro e seu hotel será referência na cidade.

Outra estratégia fundamental, mas desta vez na web, é ter um blog que fale positivamente sobre a cidade. Crie postagens criativas, conte a história dos locais mais importantes de maneira detalhada, de modo que o hóspede faça uma viagem sem nem sair de casa.

No seu site, você terá espaço suficiente para falar da sua hospedaria e de todos os diferenciais que ela oferece, como ar-condicionado, promoções, motorista particular bilíngue para traslado, entre outros.

Só que é no blog que, de fato, o visitante será atraído. Caso ele esteja procurando informações sobre o destino de onde está o seu hotel, nada mais justo do que oferecer esses conhecimentos a ele.

Benefícios dessa prática

Usar a cidade a favor do seu hotel pode trazer benefícios de curto e médio prazo. Por exemplo, logo de cara, o hóspede vai perceber que o estabelecimento está pronto para ajudá-lo a aproveitar a viagem.

O cliente vai saber que se tiver alguma dúvida sobre o destino, poderá contar com o hotel. Isso melhora sua imagem e reputação, fazendo até com que essa pessoa indique a hospedagem para amigos e familiares.

Consequentemente, ele vai aproveitar melhor o passeio e regressar para casa com vontade de voltar e explorar melhor os locais. Isso é um benefício de longo prazo, uma vez que voltando, o cliente vai lembrar-se do seu hotel.

É o que chamamos de fidelização, algo muito importante, pois garante uma receita fixa e lucrativa para seu estabelecimento.   

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Como um hotel pode auxiliar na organização de evento?

Inclusive, o primeiro passo para organizar um bom evento é pensar qual local ele pode ser realizado. 

Uma tendência tem dado espaço às redes de hotelaria para fornecer serviços de festas de todos os tamanhos e portes, indo desde eventos corporativos à comemorações especiais.

Os hotéis têm se especializado cada vez mais para criar ambientes aconchegantes e diferenciados para receber todos os tipos de evento. 

Muitas vezes, a ocorrência do evento em um hotel pode ampliar as opções de entretenimento dos participantes, fazendo com que eles tenham oportunidade de aproveitar os momentos livres entre o cronograma de um evento. 

No período em que ficarem hospedados, poderão aproveitar de vantagens como piscinas, salões de jogos e outros elementos de entretenimento que o próprio hotel possui.

Pensando nisso, neste artigo, apresentamos alguns benefícios de como um hotel pode auxiliar na organização de um evento. Acompanhe!

Vantagens de realizar um evento em hotéis

Ao optar por sediar um evento em um hotel, você estará garantindo a segurança e conforto de poder se concentrar na organização do evento em si. A seguir, veja algumas dicas.

1. Serviços especializados

Entre os serviços prestados, um hotel de qualidade pode ser o fornecedor de refeições coletivas, podendo realizar cafés da manhã, almoços e jantares com cardápios que podem ser escolhidos conforme a temática e o objetivo da celebração. 

A equipe do hotel também está acostumada a lidar com clientes, muitas vezes contando com pessoas especializadas para assessorar qualquer tipo de evento.

2. Localização

Na maioria das vezes, os hotéis estão localizados em regiões privilegiadas, de fácil acesso e conhecidos por motoristas locais.

Seu evento deve levar em conta cada momento dos participantes, incluindo o trajeto de ida e volta. Por conta disso, se o seu hotel possui uma localização de fácil acesso, isso pode ser um grande diferencial.

3.  Infraestrutura

Muitos hotéis contam com áreas específicas para negócios, como salas de reunião que podem ser reservadas, salão de festa rústico para uma festa temática, auditórios para palestras, entre outros.

Caso o evento dure mais de um dia, a estrutura do local pode servir tanto para hospedar os participantes quanto às atividades, permitindo uma maior tranquilidade dos participantes e da equipe de produção do evento.

4. Custo

Ao realizar seu evento em um hotel, é possível negociar uma série de vantagens.

Para a produção do evento, esse acordo pode significar uma economia significativa com aluguel de estrutura como montagem de palco, equipamentos de luz e som, e até mesmo serviços como garçom de buffet.

Além disso, dependendo de quantas pessoas vão participar do evento, é possível negociar um desconto na diária, garantindo que os participantes consigam um melhor preço e ainda não corram riscos de se atrasar ou de perder parte da programação.

5. Suporte

A equipe do hotel está preparada para lidar com imprevistos, e o suporte para resolução de problemas estará sempre à disposição da organização do evento.

Muitas vezes, reparos que podem interferir no evento, podem ser realizados de forma rápida e eficaz, uma vez que a equipe do hotel estará a postos para verificar esse tipo de situação.

Com isso, você evita o gasto de contratar uma equipe terceirizada de suporte, podendo contar com o conforto e confiança da própria equipe do hotel.

Logo, uma série de vantagens técnicas que poderiam atrapalhar o bom andamento do evento ou mesmo interrompê-lo são impedidas, evitando causar um transtorno ainda maior para a organização e para os participantes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

5 dicas para ter uma comunicação visual atrativa no seu hotel

A comunicação visual é um excelente recurso de marketing, já que ela é a principal responsável por imprimir uma identidade ao seu negócio e atrair os potenciais clientes.

No caso dos hotéis, ela é ainda mais importante, pois faz com que a sua hospedagem se destaque da concorrência e que viajantes possam identificar o seu estabelecimento com muita facilidade.

Por esse motivo, é fundamental investir em elementos imagéticos que “saltam aos olhos”, justamente para aproximar os clientes da empresa.

No artigo de hoje, conheça algumas dicas para ter uma comunicação visual atrativa no seu hotel e os principais benefícios da estratégia. Acompanhe a leitura!

1 – Tenha uma fachada limpa

A fachada do seu hotel é o primeiro contato do público com o estabelecimento, por essa razão, ela precisa estar bem apresentada. Diante disso, a primeira dica é sempre renovar a pintura fachada de muro, especialmente quando estiver muito suja ou com pichações.

Aqui, vale a pena investir em uma tinta de qualidade, com cores que remetam à identidade visual da marca, para gerar uma aproximação com a audiência.

Desse modo, quando a pessoa ver o seu hotel, mesmo que de longe, já vai relacionar o local à marca de uma maneira muito mais simples e rápida.

2 – Identifique o nome do hotel

Muitos hotéis optam por não identificar o nome do estabelecimento na entrada, mas isso pode dificultar o acesso dos hóspedes. Inclusive, alguns viajantes podem passar despercebidos, porque não veem um letreiro próximo identificando a hospedagem.

Por isso, é interessante investir em uma fachada ACM vazado, uma peça feita com materiais de qualidade e resistentes às intempéries, que colaboram com a identificação do hotel, até mesmo de longe.

Além disso, o logo do seu estabelecimento transmite os valores da empresa, sendo uma forma de reforçá-los na mente do público-alvo e, com isso, alcançar destaque no mercado.

Vale dizer que há outros itens de sinalização importantes para um hotel, que devem seguir a mesma identidade visual da fachada, como:

  • Totens;
  • Mapas;
  • Placas;
  • Entre outros.

Esses artigos ajudam a passar informações importantes aos viajantes, além de ajudar na identificação de espaços específicos do hotel.

3 – Invista em materiais de papelaria e roupas de cama

A marca da sua hospedagem também deve estar presente nos itens de papelaria do hotel, como canetas, cartões de visita, envelopes, papel timbrado, entre outros. Uma dica é fazer a impressão em plástico transparente com o logo e colocá-los nos objetos.

Alguns meios de hospedagem, para reforçar ainda mais o valor da marca aos clientes, também imprimem os logos nas roupas de cama, toalha, brindes, embalagens, cadeiras de praia, etc., justamente para criar esse vínculo com o público.

Além do mais, é uma ótima estratégia de marketing visual, pois outras pessoas podem ver os objetos do hotel e conhecer a empresa.

4 – Use uniformes

Os uniformes também colaboram com a comunicação visual do seu hotel, além de transmitirem a ideia de profissionalismo aos hóspedes.

Dessa forma, os clientes têm mais segurança em fechar negócio com a empresa, pois sabem que serão bem recepcionados e terão serviços de alto nível à disposição.

5 – Cuide do site

A comunicação visual também deve estar presente nos materiais digitais do seu hotel. 

É importante seguir a mesma padronização visual, bem como investir em um layout intuitivo e fácil, para que os clientes possam navegar confortavelmente pela sua página. Isso também vale para as redes sociais.

Conclusão

A comunicação visual é um dos elementos mais importantes do marketing hoteleiro. Por isso, vale a pena investir em estratégias assertivas, para que a marca permaneça na mente do seu público e reflita em vendas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Conheça as 4 dicas de logísticas para auxiliar um hotel

O trabalho de logísticas para um hotel demanda muito planejamento e organização, ainda mais para os meios de hospedagem que trabalham com uma grande quantidade de clientes, oferecendo os mais diversos serviços (buffet, passeios, entre outros).

De maneira geral, a logística envolve todo o processo de planejamento, execução e controle da distribuição de produtos, bem como a movimentação e armazenamento de insumos.

No ramo hoteleiro, também é necessário considerar a própria dinâmica do turismo, que envolve a movimentação de pessoas. Por isso, investir em uma boa logística é a melhor maneira de se destacar da concorrência.

No artigo de hoje, acompanhe algumas dicas de logísticas para um hotel e saiba como melhorar a dinâmica do seu serviço. Acompanhe a leitura!

1 – Crie um cronograma para realizar o inventário

O inventário nada mais é do que a relação dos bens e produtos de um determinado negócio. Nele, constam os diferentes tipos de artigos, insumos e materiais, bem como as suas respectivas quantidades.

No meio hoteleiro, o inventário serve para avaliar quantos produtos estão disponíveis no seu estabelecimento, como forma de contabilizar a quantidade exata de cada item.

Para maior controle desse estoque, é recomendável ter um cronograma para fazer o inventário, separando os produtos que chegam pelo serviço de entrega com fiorino e escolhendo um dia da semana certo para essa organização.

2 – Separe os itens por categoria

Outro ponto fundamental da logística hoteleira diz respeito à separação de produtos por categoria, já que os meios de hospedagem lidam com inúmeros serviços e atividades ao mesmo tempo.

Além disso, essa separação contribui para que os próprios colaboradores tenham uma noção melhor do que precisa ser comprado e o que tem disponível no hotel.

Algumas divisões possíveis são:

  • Itens de papelaria e artigos administrativos;
  • Produtos da recepção;
  • Amenidades e brindes dos quartos;
  • Produtos e equipamentos de limpeza;
  • Móveis, equipamentos, eletrodomésticos;
  • Cama/banho.

Outra dica interessante é criar um mapa de estoque, para que os funcionários possam saber exatamente onde estão os produtos armazenados.

3 – Veja as demandas sazonais

É comum que os meios de hospedagem tenham uma rotatividade maior de clientes em período de alta estação. Por esse motivo, é importante analisar as necessidades sazonais de cada estabelecimento, não só de logística de produtos, mas também de serviços.

Por exemplo, em alguns meses, o hotel pode oferecer o serviço de fretamento de vans para trazer hóspedes até a hospedagem e, quando isso ocorrer, é preciso ter um controle dos clientes, seus cadastros, horários de chegada, entre outros.

No caso dos estabelecimentos que trabalham em cidades com grande frequência de hóspedes internacionais, vale a pena avaliar a necessidade de serviços adicionais, por exemplo, a contratação de motorista particular bilíngue.

4 – Tenha uma equipe responsável pela gestão de estoque

É importante ter um profissional ou uma equipe responsável por todo o controle e gerenciamento de estoque na hotelaria. A demanda de produtos é muito grande, por isso, a organização influencia diretamente na qualidade do serviço prestado.

Quando os colaboradores realizam esse processo de forma desalinhada e desorganizada, com a falta de informações centralizadas e comunicação, há grandes chances de falhas e comprometimento da imagem do hotel.

Por essa razão, vale a pena investir em líderes nas equipes de gestão e logística, para orientar os principais procedimentos no ramo.

Conclusão

Engana-se quem pensa que o setor hoteleiro não tem que lidar com processos burocráticos e administrativos, como é o caso da logística.

Ao contrário, esse departamento é bastante atuante nos meios de hospedagem e, por esse motivo, é necessário ter o controle de estoque, já que isso irá refletir diretamente na qualidade do seu hotel.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.